Pular para o conteúdo

Porque Deus escolheu Israel para ser seu povo?

27 de abril de 2011

É verdade que Deus escolheu a nação de Israel?

Na verdade se verificarmos a história biblica desde o início veremos que não é bem assim. Deus não escolheu um povo, na verdade Deus sempre escolheu homens de coração puro e sincero para com ele, que o adoravam e serviam em suas vidas.

Resumidamente a história é assim:

Deus criou Adão e Eva de onde descendem toda raça humana.  Esta mesma raça humana subverteu-se desde o início, desobedecendo as horientações do Pai, cometendo homicídios e todo tipo de maldade e corrupção. Confira em Gn 1: 26 – 27; 3:6; 4: 8, 23 – 24; 6: 11 – 12.

Em Genêsis 6: 5 – 7 e 13 vemos que neste momento Deus decide acabar com a sua criação, iria exterminar tudo que tinha fôlego de vida, ou seja, que respirava, tanto homens quanto animais.

Porém de toda a raça humana existente na época, havia um homem, um único homem que servia à Deus, e achou graça aos seus olhos, Noé. (Gn 6: 8 – 9)

Noé é descendente de Sete que foi o terceiro filho de Adão, concebido para assumir o lugar do filho morto, Abel.

De Sete à Noé são sete gerações. E somente a partir do nascimento de Enos, filho de Sete é que se começou a invocar o nome de Deus. (Gn 4 : 26, 5 : 1 – 31)

De Noé descendeu Sem, seu primogênito, quem Noé abençoou dizendo que reinaria sobre seus irmãos (Gn 9 : 20 – 27)

De Sem, oito gerações depois, descende Abrão, que teve seu nome trocado para Abraão por Deus. (Gn 17 : 5)

O Deus Todo Poderoso, escolheu Abrão e lhe fez promessas depois de ter-lhe dado uma orde (Gn 12 : 1)

Depois que Deus mandou Abrão sair da casa dos seus parentes, lhe fez 3 promessas:

1 – te farei uma grande nação (Gn 12 : 2)

2 – te abençoarei

3 – através de ti abençoarei todas as famílias da Terra

Como já podemos ver até aqui, Deus escolheu homens, dos quais saíram muitos descendentes. Primeiro escolheu Noé, depois escolheu Abrão, descendente de Noé, da linhagem que adorava à Deus.

À Abrão fez a promessa de que o tornaria uma grande nação (Gn 13 : 14 – 18)

De Abraão nasce Isaque, filho da promessa (Gn 21 : 1 – 7)

De Isaque nasce Esaú e Jacó, este último toma o direito de primogenitura e se torna herdeiro da promessa feita por Deus à Abraão e Isaque. (Gn 26 : 1 – 5)

Agora vejamos quem são os filhos de Jacó:

Com Lia: Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar e Zebulom

Com Raquel: José e Benjamim

Com Bilá: Dã e Naftali

Com Zilpa: Gade e Aser

Ao todo são doze os filhos de Jacó, e de cada um formam-se as doze tribos de Israel.

Depois que Jacó lutou contra Deus, foi-lhe mudado o nome para Israel, tornando-se seu nome mais famoso e de onde origina-se o povo e o nome da cidade. (Gn 32 : 28)

Assim vemos que Deus não escolheu um povo, os israelitas, ele escolheu homens dedicados e obedientes à sua palavra. A estes fez promessas de se tornarem uma grande nação. O que de fato aconteceu.

Veja que décadas depois com a família de Jacó estabelecida no Egito, já na época de Moisés (este também descendente de Jacó), os descendentes de Jacó são milhares (Ex 12 : 37 – 40). Seiscentos mil, sem contar mulheres e crianças.

E para concluir, a história iria se repetir com Moisés, quando o povo fez um bezerro de ouro e o adoraram, quando este estava a muitos dias na presença de Deus no monte. Deus queria exterminar a todos e começar uma nova nação à partir de Moisés, somente não o fez por causa da intercessão de Moisés.

Anúncios

From → Estudos Biblicos

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: