Skip to content

Faz morada em mim – Vineyard Music Brasil

Já ouviste minha voz,
louvor e gratidão,
prostrado a Te adorar.
E agora chego a Ti,
mais perto estarei,
pois o véu rasgado está.

Agora que estou junto a Ti,
não há onde eu queira ir.
Agora que senti teu tocar,
faz morada em mim.

Seguro estou em Ti,
eu ouço Tua voz,
sussurras para mim:
“Tu és o amado meu,
amigo, te escolhi,
precioso és para mim”.

Anúncios

Me derramar (Pour out my heart) – Vineyard Music Brasil

Eis-me aqui
Outra vez
Diante de Ti abro meu coração
Meu clamor
Tu escutas
E fazes cair as barreiras sem mim
És fiel, Senhor, e dizes
Palavras de amor e esperança sem fim
Ao sentir
Teu toque
Por Tua bondade libertas meu ser
No calor deste lugar
Eu venho …

Me derramar, dizer que Te amo
Me derramar, dizer Te preciso
Me derramar, dizer que sou grato
Me derramar, dizer que És formoso.

Vem, esta é a hora (Come, now is the time to worship) – Vineyard Music Brasil

Vem, esta é a hora da adoração
Vem, dar a Ele teu coração
Vem, assim como estás para adorar
Vem, assim como estás diante do Pai
Vem.

Toda língua confessará o Senhor
Todo joelho se dobrará
Mas aquele que a Ti escolher
O tesouro maior terá.

Senhor, te quero – Vineyard Music Brasil

Composição : (In the Secret – Andy Park – Tradução: Luiz Felipe

Eu te busco,
Te procuro, oh deus
No silencio tu estás
Eu te busco,
Toda hora espero em ti
Revela-te a mim
Conhecer-te eu quero mais

Senhor, te quero
Quero ouvir tua voz
Senhor, te quero mais
Quero tocar-te,
Tua face eu quero ver
Senhor, te quero mais

Prosseguindo para o alvo eu vou,
A coroa conquistar
Vou lutando,
Nada pode me impedir,
Eu vou te seguir
Conhecer-te eu quero mais

Tua Graça – Vineyard Music Brasil

Descende dos altos céus
presente eterno de Deus
poder sobrenatural
me fala de quem tu és
tua graça
Clareia a minha visão
é força pra prosseguir
alegra o meu coração
me lembra quem sou em ti
tua graça me basta
tua graça me basta
é tudo o que preciso
tua graça me basta
tua graça me basta
fortalecido eu sou
tua graça
quando eu sou fraco, é que sou forte

Quebrantado – Vineyard Music Brasil

Eu olho para cruz
E para cruz eu vou
Do seu sofrer participar
Da sua obra vou cantar

Meu salvador
Na cruz mostrou
O amor do pai
O justo Deus

Pela cruz, me chamou
Gentilmente me atraiu e eu
Sem palavras me aproximo
Quebrantado por seu amor

Imerecida vida
De graça recebi
Por sua cruz
Da morte me livrou

Trouxe-me a vida
Eu estava condenado
Mas agora pela cruz
Eu fui reconciliado

Impressionante é o seu amor
Me redimiu e me mostrou
O quanto é fiel

O amor é a prova

Do verdadeiro discipulado

João 13:35

O verdadeiro discipulado de Cristo em nossas vidas se mostra através do amor mútuo. Amor um pelo outro, pela família de Deus, pelo povo eleito de Deus.

Mostramos que somos discípulos quando as pessoas, nossos irmãos, erram conosco, pisam na bola, falam de maneira errada, com sabedoria humana, exigem de nós o que  não estão fazendo, mas mesmo assim tomamos a decisão de amá-los como Cristo amou cada um dos seus discípulos, incluindo Judas. Amou até o fim.

 

Do genuíno serviço

João 21: 26

Como eleitos do Senhor, servos do Deus Altissímo, somos todos ovelhas de Deus e é isso que Deus quer de cada um de nós. Apascentemos as suas ovelhas. Cristo tem esta expectativa de nós, que demonstremos amor apascentando, cuidando das suas ovelhas. Cuidar por cuidar sem amor não é o que Cristo espera de nós. Porque é um trabalho que exige amor, por que ora a ovelha some e tem que ir atrás, ora ela se machuca e é preciso medicar. É um trabalho que exige esforço e dedicação que sem  amor não rende bons resultados.

 

Da realidade da nova vida

I João 3 : 14

Amar é transpor barreiras, é transformação.

O que ama, o que tem amor passa de um estágio para o outro.

É interessante pensar porque amar significa negar a si mesmo, deixar de se agradar para agradar outra pessoa.

O amor é ao mesmo tempo morte e vida. Morte para o meu interesse, para o meu desejo, para o que eu quero, para agradar a outro e vida proque isso produz vigor, alegria, ânimo, satisfação de ver que se é útil, de ver a outra pessoa bem e feliz e ter participado disso.

Permanecer na morte é estar estático, imóvel, frio aos sentimentos, desejos e necessidades dos outros, é o conforto da mesmice, da mediocridade e inutilidade, isto é morte em vida.

 

Do amor fraternal

I João 4 : 20

Como posso dizer que amo a Deus se sou impaciente com as pessoas, se respondo mal, grito, não reparto o que tenho, não divido o que possuo?

Como posso dizer que amo a Deus se invejo o que outros tem: carro, casa, status, bens dinheiro?

Como posso dizer que amo a Deus se fico me vangloriando para as pessoas, achando que sou o máximo, que somente eu sou bom no que faço, que sou mais inteligente e culto que a maioria dos meus amigos, que sou melhor por que tenho faculdade, por que tenho profissão, se acho que a minha opinião é a que conta apenas?

Como posso dizer que amo a Deus se não gosto de ser corrigido, não gosto que me chamem a atenção, de ser ensinado, se acho que o jeito que faço é o melhor e não preciso mudar?

Como posso dizer que amo a Deus se maltrato com palavras asperas o que estão ao meu redor?

Como posso dizer que amo a Deus se os meus interesses estão acima de qualquer outra coisa?

Como posso dizer que amo a Deus se a ira, a raiva são constantes no meu dia, no meu trabalho, no transito?

Como posso dizer que amo a Deus se o rancor por muitos que me magoraram e erraram comigo dominam o meu coração?
Como posso dizer que amo a Deus se fico mais feliz com alguém sendo injusto que quando age com justiça?

Como posso dizer que amo a Deus e não tenho suportado o sofrimento, se não tenho esperado as bênçãos, se não tenho suportado tudo com fé?

Tudo isso é amar a quem vejo, as pessoas que estão ao meu redor.